terça-feira, 9 de junho de 2009

Novo modelo na gestão da meia-passagem




continua na luta pela garantia da meia-passagem a todos os estudantes. Por isso, ele está apresentando Projeto de Lei que dará nova redação aos parágrafos primeiro, segundo, terceiro e quarto da Lei Orgânica do Município de Manaus (Lomam). Dentre as alterações, estão a garantia ilimitada à meia-passagem, incluindo até os estudantes de ensino técnico-profissionalizante; a emissão das carteirinhas estudantis pelas entidades representativas dos estudante e, na sua ausência, pela direção da escola; e a fiscalização das emissões das carteiras e do PassaFácil como obrigação do poder público municipal.
Esse Projeto de Lei é parecido com o que se tem hoje na cidade de Fortaleza (CE), onde há uma gestão efetiva do poder público e cujo modelo não cria limites de acesso aos estudantes. “A nosso convite, trouxemos para Manaus a diretora técnica da Etufor (Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza), Calina Barros, no mês de maio, que expôs o modelo de serviço de transporte público que está dando certo”, diz ele, lembrando que o prefeito de Manaus já até teria entrado em contato com a Prefeitura de Fortaleza para saber detalhes sobre o modelo de gestão do transporte.

Nenhum comentário: