quarta-feira, 28 de abril de 2010

IVAN PINHEIRO PARA O BRASIL E AMADEU FELIPE PARA O PARANÁ

Eleições 2010


Líder dos sargentos revolucionários,

Amadeu Felipe é o pré-candidato

do PCB do governo do Paraná

Ao receber a indicação do PCB como pré-candidato ao governo do Paraná, Amadeu Felipe da Luz Ferreira, 74, ex-capitão do Exército e líder do movimento de sargentos revolucionários que resistiu à maturação e ao desencadeamento da ditadura militar, assumiu a missão de propor a Frente Anticapitalista como forma de conduzir o Brasil à superação dos seus problemas econômicos e sociais.

O Partido Comunista Brasileiro (PCB), em seu XIV Congresso, realizado no Rio de Janeiro em outubro do ano passado, decidiu apresentar ao povo brasileiro a proposta de organizar a Frente Anticapitalista e Antiimperialista. A antiga Frente de Esquerda se limitava a eleições e o PCB acredita que a Frente deva ser permanente, enraizando-se nos movimentos sociais e incorporando diversas correntes políticas e entidades que assumam com clareza sua feição anticapitalista e antiimperialista.

Para defender essa proposta, o PCB decidiu lançar candidatos em todos os níveis. A pré-candidatura do advogado Ivan Pinheiro à Presidência da República está em processo de lançamento nas principais cidades brasileiras. No sábado, 24, o lançamento ocorreu em Curitiba, no Paraná.

Simultaneamente à apresentação da pré-candidatura de Ivan Pinheiro, no Paraná o PCB decidiu lançar ao governo seu secretário político estadual, Amadeu Felipe, ex-sargento do Exército e líder do movimento dos sargentos contra a ditadura, em 1964.

Amadeu Felipe, um resistente

Nascido em Blumenau (SC) em 16 de dezembro de 1935, Amadeu Felipe da Luz Ferreira fez parte da Casa Militar durante o governo do presidente João Goulart. Ao ser reformado no Exército, possuía a patente de capitão.

Hoje secretário político do PCB do Paraná, a liderança de Amadeu Felipe à frente do movimento de sargentos que lutava para impedir a maturação e o desencadeamento do golpe militar e empresarial fascista que sobreveio em 1964 começou dez anos antes, com o suicídio do presidente Getúlio Vargas. Em 1966, com o apoio do ex-governador gaúcho Leonel Brizola, comandou a organização do primeiro movimento militar armado de resistência ao golpe: a Guerrilha do Caparaó.

Atualmente, a estratégia do PCB para a Revolução Brasileira é a formação da Frente Anticapitalista e Antiimperialista. É com esse propósito que nas eleições de outubro Ivan Pinheiro vai concorrer à Presidência da República e Amadeu Felipe ao governo do Paraná.

Encontro em Curitiba marcou o lançamento das candidaturas

de Ivan Pinheiro à Presidência e Amadeu Felipe ao governo do Paraná


Postagem de: Luiz Navarro

Nenhum comentário: