quarta-feira, 27 de outubro de 2010

HOMENAGEM AO CAMARADA CHAIN ISRAEL JUNGEND

Texto em homenagem ao camarada Chain, aprovado na reunião do CR de 23/10/2010.


Para publicação no boletim do Partido em Curitiba e no sítio nacional do Partido.

Saudações Fraternas!

Dyener Fracaro

Homenagem ao Camarada Chain Israel Jungend

Chain Israel Jungend nasceu em 13 de janeiro de 1924 em Sokal, Levov- Lemberg, na Polônia. Filho de Isak Jugend e Berta Lea Jungend. Comerciante, relojoeiro. Desde muito Jovem teve contato com as posições comunistas, por intermédio de seu pai, também militante comunista. Chegou ao Brasil com seis anos de idade, com sua família, fugindo da repressão aos judeus na Europa; foi enviado novamente à Europa por seu pai em 1930, por conta do temor em relação às conseqüências da Revolução de 1930. Retornou ao Brasil cinco anos depois, fixando residência em Curitiba e participando, junto com seu pai, das reuniões da comunidade judaica.

Participou ativamente, ainda com 15 anos de idade, dos círculos de discussões da comunidade judaica, alinhando-se com os judeus comunistas que já vinham organizados da Europa, discutindo a questão da imigração e da situação judaica no Brasil, assim como a conjuntura internacional daquele período. Pela tradição comunista na família, via paterna, e de suas leituras e interpretação dos problemas que assolavam a humanidade, liga-se ao Partido Comunista Brasileiro (PCB), mantendo intensa atividade na comunidade judaica, nas atividades do Partido e na assistência a outros camaradas.

Foi presidente da Sociedade Cultural Israelita Brasileira do Paraná, desempenhando papel fundamental contra as correntes sionistas e fascistas existentes no interior desta entidade; dentro da comunidade judaica sempre colocou em pauta os princípios do Partido e da causa socialista, tentando dar uma caracterização mais progressista, laica e democrática à organização dos judeus no Paraná. Também organizou e contribuiu, ainda no seio da comunidade judaica, com o Jornal Nossa Voz, orientado pela ala comunista e progressista da comunidade judaica.

Um dos grandes feitos do camarada Chain Israel Jungend foi fundar, em conjunto com outras cinco pessoas, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais no Brasil (APAE), trabalho este que rendeu avanço significativo na humanização da vida de gerações de brasileiros que necessitam de atenção e educação especial. A partir de sua própria luta pessoal para obter condições de tratamento para seu filho com necessidades especiais, nascido com Síndrome de down, fundou APAEs por todo o Brasil, sedo ativo na luta pela verdadeira inclusão desses brasileiros na sociedade e por um tratamento digno à esses cidadãos e suas famílias; dirigiu as APAS por 30 anos.

Nas atividades que dizem respeito ao Partido Comunista, nunca deixou a desejar. Foi militante ativo do núcleo judeu no Partido, trabalhou nas questões financeiras do Partido, auxiliando na arrecadação de recursos para a sustentação da militância partidária, participou da organização de apoio à FEB em 1944, para o envio de suprimentos aos pracinhas; mesmo distanciando-se do Partido, por conta de seu trabalho com as APAEs, sempre contribuiu com a estrutura e a causa comunista no Brasil, colaborando com o Partido nos momentos mais difíceis, tais como as reuniões clandestinas que eram realizadas em sua residência, e na assistência aos camaradas perseguidos pelo regime de opressão militar, dando abrigo e fuga à eles. Manteve sempre um laço de amizade e fraternidade com seus camaradas de Partido Comunista, mesmo quando já não fazendo parte da organização ativa do Partido; manteve-se fiel aos ideais comunistas, sintetizados em suas próprias palavras: “Tenho críticas a fazer sobre centenas de coisas que aconteceram, mas tenho um enaltecimento fantástico por ter sido premiado com a amizade dessa gente que atingiu alturas que poucos homens atingem. Porque todos eles lutaram contra o desfavor total da sociedade e da autoridade. (...) dentro de uma competência moral que pouca gente hoje em dia tem”.

Camarada Chain Israel Jungend, Presente! Agora e Sempre!

Postagem de : Luiz Navarro

Nenhum comentário: