terça-feira, 9 de agosto de 2011

PABLO YURI RAIOL SANTANA FALA DE ARTUR VIRGILIO E DO "MODOS OPERANDI" DA TUCANAGEM













Pablo Yuri Raiol Santana criou o documento: "Cuidado com Canto da Sereia Tucana!":


O Senhor supremo do falso moralismo de bico fino, ou em outras palavras o ex-líder tucano, ex-senador amazonense e atual falastrão diplomático na Embaixada em Lisboa, Arthur Virgilio Neto, disse em artigo infame nos jornais de Manaus e em Brasília que a nossa presidenta Dilma Rousseff continua os desmandos e o Caos da Era Lula (assim visto na cabeça deturpada do tucano) – bem o que me faz crer que se um Desavisado qualquer fosse ler o artigo teria idéia que o Brasil seja a própria personificação do inferno na terra, pensando nisso faço a seguinte pergunta ao nada nobre ex-senador, Em que país o senhor morou nos últimos anos? Arrisco-me a dizer que alguns mais irônicos diriam que seria Planeta Marte? No meu ponto de vista o nada nobre ex-senador tucano é e continuará a ser o habitante número 1 do Planeta "Eu Sou um Ridículo" também conhecido como Planeta NOVA UDN (em alusão ao lacerdismo* que jaz no DNA de nossa oposição demotucana)





Nossa oposição é míope, incapaz de enxergar, não só os avanços ocorridos nos últimos anos, como incapaz de se dar conta da sua ridícula abstinência de poder e criatividade e ainda acham no alto de sua arrogância infeliz, que a população brasileira se deixará cair novamente no canto da sereia tucana, voltando ao personagem do artigo, o nada “bobo da corte tucana” Arthur Virgilio Neto, esse diplomata nada diplomático, que mais uma vez demonstra não ter respeito pela boa conduta do “Servidor Público” vem usando as dependências da embaixada brasileira em Lisboa, para continuar a fazer política partidária, se esquecendo que o povo do Estado do Amazonas, revogou o seu mandato de senador da república, revogou de forma democrática, o derrotando nas urnas, esse ex-senador mais uma vez continua sua jornada politiqueira de forma nada ética, e o que é pior, ainda continua a insistir na transferência para Lula e Dilma, de grande parte de suas próprias "características" e de seu PSDB.





É público e notório que desde que era governo do Senhor Fernando Henrique Cardoso, o FHC, (favor não confundir com THC) deu início a jornada triunfante do BONDE DA MAMADA NAS TETAS PÚBLICAS (tão exercido pelo PSDB, DEM e PPS) e continuam pregando e exercendo tal filosofia como se modalidade esportiva fosse a chamada "Bolsa Mamada" vem arranjando empregos/bicos nos conselhos de administração de empresas estatais de prefeituras e governos estaduais que comandam (Exemplo: Governos de Minas Gerais e São Paulo), sem contar a efetivação de uma dezenas de políticos não eleitos em cargos de assessor de porra nenhuma (ASPONE), alguns emblemáticos que citarei, casos de ex-parlamentares demotucanos derrotados no voto e seus respectivos familiares.



O Caso mais emblemático de bolsistas mamadores de tetas públicas é o caso do ex-comunista, ex-senador e atual cara de pau Roberto Freire, esse advogado pernambucano, expurgado pelo voto no Recife, mudou-se para São Paulo, através de um “bilhete premiado” conseguido através de uma negociata que envolveu ex-presidente FHC, e o levou a prestar "conselhos a empresas públicas ligadas a prefeitura de Kassab", a CET e a SPTURIS, duas empresas ligadas a assuntos que o nada nobre ex-senador pernambucano pouco conhece, ainda mais se tratando de uma cidade a qual o mesmo mal sabe andar, que Sá conhecer o dia-dia da mesma, tal tramóia nascida no seio do tucanato, serviu para assim justificar a "burocracia" da Justiça Eleitoral, e permitir a transferência de seu título eleitoral para São Paulo, que digo e repito, estado que Freire nunca teve ligação e participação política, Roberto Freire é o que eu chamo de um turista nada acidental – como diz Reinaldo Deltore, eu até me arrisco a chamá-lo de "turista fisiológico".





Para finalizar o artigo, cito novamente alguns outros bolsistas de mamada de tetas públicas, como é o caso do ex-senador amapaense Papaléo Paes (PSDB) um militar reformado, médico cardiologista, que nada entende do setor de gás e petróleo, no entanto consta como membro prestador de conselhos a empresa de Gás em Minas Gerais, A Gasmig, graças a pedido do senador Aécio Neves (PSDB-MG), que amparou o “amigo desempregado” que creio eu, acha um infortúnio voltar a ser um cidadão normal em seu consultório médico, só pode, outro caso importante de um tucano de alta plumagem, bolsista de mamada de teta pública, é do ex-prefeito de Cuiabá, Wilson Santos (PSDB) conselheiro representante da CEMIG em uma empresa no Rio de Janeiro, igualmente a Papaléo, também um desconhecido do setor elétrico, dando pitacos e mamando nos cofres do governo de Minas Gerais, no bem bom da cidade maravilhosa, e por ai vai, essa a tucanada faz jus ao apelido tucanalhada, que faz o "diabo" com os cofres públicos em diversos estados, e ainda tem a coragem de colocar um político conhecido por sua falta de índole e desrespeito a coisa pública, o líder Álvaro Dias para posar de bom moço e "Líder da Moralidade nas telas do jornais do Plim-Plim da Globo? Conte-me outra.

Postagem de: Luiz Navarro

Nenhum comentário: