sexta-feira, 7 de outubro de 2011

AVERSÃO AOS MENTIROSOS


                                                                         Otávio Dutra

Já não enganam
(ao Partido Comunista do Brasil – PCdoB, que mancha seu nome e sua história ao colocar-se contra a revisão da Lei da Anistia)


Já não bastam palavras
para manifestar a indignação
aos que enganam os pobres
com confusão de palavras
e doces palavras de ilusão

Palavras maquiadas,
mudas de sentido:
conciliação chamam comunismo
e desenvolvimento, revolução;
classes em lutas chamam aliados
e patrões, camaradas

Declaro guerra aos podres,
nefastos e covardes;

Declaro guerra
de idéias e de corações;

Declaro guerra
aos escondidos sob máscaras;

Declaro guerra
convocando os verdadeiros camaradas.

Como se não bastasse
os leiloes do pré-sal,
redigem leis para desmatar
o vasto verde brasileiro:
afinal, matas, águas e animais
são finitos recursos, mas
acumulam riqueza ao capital –
digo – à “burguesia nacional”.

Mas hoje manifesto um basta!
Os limites da tolerância
extrapolaram, arrogantes.
Herzog, Grabois e Marighella
levantam-se junto a mil assassinados.
Arroyo, Bezerra e Pomar
gritam junto a mil torturados:

Somos comunistas
pelo direito a verdade
e a justiça!

Otávio Dutra – outubro de 2011
Havana – Cuba


Postagem e comentário de : Luiz Navarro - Otávio Dutra é estudante de medicina em Havana-Cuba. Apreciem seus versos

Nenhum comentário: