sexta-feira, 25 de novembro de 2011

CUBA - MELHOR DESENVOLVIMENTO HUMANO DA AMERICA LATINA, APESAR DO BLOQUEIO
















Cuba confirmada como o país com melhor desenvolvimento humano da América Latina

ImprimirPDF
imagemCrédito: PCB
Isla Mía
O Fundo de População das Nações Unidas assegurou que Cuba conta com um desenvolvimento equivalente ao avanço de um quarto de século, se comparado aos demais países da América Latina e do Caribe.
Isla Mía para Kaos en la Red
O Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA em inglês), na apresentação do Informe sobre o Estado da População Mundial 2011, além de analisar o fato de que o mundo chegou aos 7.000 milhões de habitantes, assegurou que Cuba é a nação com mais alto desenvolvimento humano latino-americano, chegando a afirmar que conta com um desenvolvimento equivalente a um quarto de século de avanço em relação aos demais países da América Latina e do Caribe.
Isso ocorre devido aos baixos níveis de mortalidade do país, a elevada esperança de vida, seu acesso à saúde e educação, sua saúde sexual e reprodutiva, e os indicadores de envelhecimento de sua população, todos com valores similares e, inclusive, maiores aos de nações industrializadas.
Com respeito ao enfoque sobre os 7.000 milhões de pessoas no mundo, a UNFPA não só evidenciou dados demográficos, como também o aprofundamento das problemáticas sociais e econômicas que implicam no crescimento da população, onde se alguns questionamentos foram levantados: De que maneira reduzir as lacunas entre ricos e pobres e retificar as desigualdades entre homens e mulheres, e entre meninos e meninas?  Ou ainda: Como alcançar que as cidades sejam lugares aptos para viver?
O documento mostrou os grandes contrastes sociais e as necessidades de trabalharmos unidos pelo progresso, como, por exemplo, a questão da natalidade. Enquanto nas nações européias mais industrializadas nascem 1,5 crianças por mulher, na África – de alarmantes indicadores sócio-demográficos e grande pobreza –, nascem cinco bebês por mãe.
Esta conquista de Cuba se soma a sua reconhecida luta contra o racismo, a desnutrição infantil e sua comprovada qualidade em todos os níveis de educação.
Tradução: Maria Fernanda M. Scelza (PCB)
Informe completo em espanhol
Relacionado
Postagem de: Luiz Navarro

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

AGENDA NACIONAL DO DIA INTERNACIONAL DE SOLIDARIEDADE AO POVO PALESTINO

AGENDA NACIONAL DO DIA INTERNACIONAL DE SOLIDARIEDADE AO POVO PALESTINO



Em 1977, a Assembléia Geral da ONU, através da Resolução nº 32/40, determinou que fosse celebrado, todos os anos, em 29 de novembro, o Dia Internacional de Solidariedade para com o Povo Palestino. Nesta data, no ano de 1947, a própria Assembléia Geral da ONU aprovou a Resolução 181, que dividiu o território Palestino, estabelecendo o Estado de Israel. 

29 de novembro: mais que um dia de celebração, é a data que gritamos para nunca esquecermos seu significado: a tragédia de um povo que vive há 64 anos sob uma ocupação criminosa. 

Durante mais de 15 anos, os Comitês de solidariedade à luta do povo palestino brasileiros, organizados nos Estados, organizam, nesta data, eventos de solidariedade ao heróico povo palestino que há 64 anos resiste heroicamente ante todas as arbitrariedades (genocídios diários, bombas proibidas pelas convenções, humilhações, prisões, perseguições políticas, torturas legalizadas, destruição de seus bairros e vidas...) cometidas pelo Estado terrorista de Israel. 

Este ano, ao lembramos da Palestina, não podemos esquecer de prestar nossa solidariedade militante, aos povos do Oriente ameaçados pelo imperialismo e pelo sionismo, como a Síria, o Líbano e o Irã.

O destino de todos os povos do oriente estão, neste momento, em situação gravíssima de risco humanitário. A ameaça concreta de uma guerra contra a Síria e o Irã, se bem sucedida, poderá abalar de forma perigosa a unidade antimperialista que sustenta a luta da resistência em todo o oriente, em particular na Palestina.

Nesse sentido, chamamos todos os comitês a organizarem o dia 29 de novembro, Dia internacional de Solidariedade à Palestina, como um dia de apoio as resistência antimperialista!

AGENDA NACIONAL PARTICIPE E DIVULGUE! 

BRASÍLIA: 
Sessão Solene em comemoração ao “Dia do Povo Palestino” 
Dia: 1º de dezembro de 2011 – quinta-feira 
Hora: 19 horas 
Local: Câmara Legislativa do Distrito Federal 
SIG QD 02 LOTE 5 
PRAÇA MUNICIPAL – DF 
Informações: nasserretook@bol.com.br 


CORUMBÁ – MS 
Evento em Solidariedade ao Povo Palestino Palestra e debate com Antar Mohammed, membro da Sociedade Árabe-Palestino de Corumbá e Alejandro Iturbe, membro da Comissão Política da LIT-QI e Editor da Revista Correio Internacional 
Dia: 26 de novembro de 2011 – sábado 
Hora: 19 horas 
Local: Centro de Convenções Ramon Gomes 
Rua Domingos Sahib, s/nº - Porto Geral – (área do Casario do Porto) -
 
Corumbá - MS 
Informações: jadalasafa@hotmail.com 
schabibhany@gmail.com 


FLORIANÓPOLIS – SC 
Sessão Solene em comemoração ao “Dia Internacional de Solidariedade ao Povo Palestino” 
Dia: 29 de novembro de 2011 – terça-feira 
Hora: 19 horas 
Local: Assembléia Legislativa do Estado de Santa Catarina 
Palácio Barriga Verde - Rua Doutor Jorge Luz Fontes, 310, Centro - Florianópolis – SC 
Informações: kaderothman@hotmail.com 
comitepalestinasc@yahoo.com.br 


SANTA MARIA - RS: 
Sessão Solene em comemoração ao “Dia Internacional de Solidariedade ao Povo Palestino” 
Dia: 29 de novembro de 2011 – terça-feira 
Hora: 19 horas 
Local: Câmara de Vereadores 
Rua Vale Machado, 1415 Santa Maria - RS 
Informações: abdel5900@gmail.com 


SÃO PAULO – SP 
Ato Público e Sessão Solene em comemoração ao “Dia Internacional de Solidariedade ao Povo Palestino” 
Dia: 28 de novembro de 2011 – segunda-feira 
Hora: 20 horas 
Local: Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo 
Av. Pedro Álvares Cabral, 201, São Paulo – SP 
Informações: frentepalestina@yahoo.com.br 
informação@palestinaja.org 


Rio de Janeiro
Ato Público na Cinelândia: 
Fora Sionismo da Palestina e Tire as garras da SíriaDia: 29 de novembro
Horário: 17 horas
Oragnização: Comitê de Solidariedade à Luta do Povo Palestino do RJ e Comunidade Síria


Agenda Nacional será sempre atualizada com o ingresso de novos eventos de comemoração ao Povo Palestino – 29 de novembro! 
Escreva para nós e nos informe de outros eventos! 

Juntos na construção da Palestina Livre! 


--
Postado por Blogger no SOMOS TODOS PALESTINOS em 11/22/2011 10:39:00 AM



-- 
Veja a Página do PCB – www.pcb.org.br 
Partido Comunista Brasileiro – Fundado em 25 de Março de 1922

terça-feira, 22 de novembro de 2011

TEM PARTIDOS QUE SE DIZEM SOCIALISTA E ESTÃO A SERVIÇO DA DIREITA



Todos os partidos socialistas, que estiveram no poder governando um povo, e não obtiveram resultados satisfatórios em beneficio do povo não eram socialistas de fato. No minimo eram "burgueses" disfarçados de socialistas ou na pior avaliação eram socialistas de aluguel como alguns que  temos no Amazonas e Brasil.
A União Soviética começou a desmoronar, quando necessitou conceder espaço para "burguesia", em esforço conjunto para enfrentar na guerra o inimigo comum invasor. Os trabalhadores foram afastados das eleições para dar espaço a membros da elite.
É natural e comum perceber partidos políticos brasileiros, que tem em seus estatutos a palavra socialismo e socialista, se juntarem em coligações, com partidos da direita mais radical e retrograda, que defendem o capitalismo e o imperialismo. Se um desses partidos chegar ao poder executivo, a administração para o trabalhador será muito mais danosa pois, tais partidos, estão a serviço remunerado da direita capitalista e imperialista que, após o dano causado a classe trabalhadora vai propalar ajudado pela mídia que o socialismo não é bom para o povo.
O trabalhador não é tolo como pensam, alguns manipuladores de pesquisas. Na hora e momento certo o trabalhador vai ousar lutar, vai vencer com certeza.
 A quebradeira do sistema financeiro capitalista Europeu e Norte-americano está mostrando que o caminho apontado por Karl Marx, é o verdadeiro caminho da estabilidade e distribuição efetiva da renda.


Postado e escrito por: Luiz Navarro
  

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

O PCB ESTARÁ PRESENTE

ADVOGADOS SOCIALISTAS

Na matéria anterior podemos admirar a coragem o desprendimento e o grau de comprometimento dos advogados da APORREA, instituição de Advogados socialistas que não se escondem por trás de falsas convicções para se posicionar na vida de maneira brilhante. Desprendidos  buscam  solução para organização de uma sociedade mais justa enfrentando os imperialistas.
No Estado do Amazonas temos alguns advogados, que tem a convicção que o socialismo é de fato o único caminho, para que a sociedade possa se desenvolver sem distribuir misérias e injustiças. Porém esses advogados
permanecem imoveis sem qualquer contribuição para que o socialismo se torne realidade.
Esperamos que o artigo anterior desperte o orgulho adormecido de suas convicções e que possam de fato integrarem-se a ousar lutar, ousar vencer.

Postagem e escrito por : Luiz Navarro


FRENTE DE ADVOGADOS SOCIALISTAS DENUNCIARÁ ANTE LA ONU BARACK OBAMA

Juio Lattán, presidente del Frente de Abogados Socialistas
Credito: Archivo

Carlos Escarrá, Procurador General de la República
Credito: Archivo
20 de noviembre de 2011.- El evento abordó, entre otros aspectos, los derechos humanos, la democracia, la participación del pueblo en la ejecución del presupuesto de la Nación, las leyes del Poder Popular y el intervencionismo imperialista

El Frente de Abogados Socialistas denunciará ante la Organización de las Naciones Unidas (ONU) al presidente de Estados Unidos Barak Obama, por las masacres que se han cometido durante su gestión contras distintos pueblos.

EL anuncio lo dieron a conocer el procurador General de la República y ex diputado a la Asamblea Nacional, Carlos Escarrá, y el presidente del referido organismo, Julio Lattán.

La decisión es una de las conclusiones a las que se llegó en el V Congreso de Frente de Abogados Socialistas Bolivariano, realizado este sábado en la Sala 1, de Parque Central.

Este evento abordó, entre otros aspectos, los derechos humanos, la democracia, la participación del pueblo en la ejecución del presupuesto de la Nación, las leyes del Poder Popular y el intervencionismo imperialista.

Escarrá subrayó, en declaraciones ofrecidas al periodista Rosmel Rivero, de ANTV, la denuncia en la ONU contra “un presidente genocida, como es el de Estados Unidos”, y contrastó estas prácticas imperiales con el respeto a los derechos humanos en Venezuela.

Dio especial importancia al conocimiento institucional del pueblo, que desde su punto de vista es superior al de muchos abogados y abogadas. Asimismo, primó las procuradurías comunales y la contraloría social que se vienen impulsando en comunidades organizadas del país.

Lattán, igualmente entrevistado por ANTV, precisó que en el petitorio de condena contra el Mandatario estadounidense también se aboga por el cese del bloqueo a Cuba.

Aseguró que el frente de profesionales del derecho que preside está movilizado en la Misión 7 de Octubre para la victoria del comandante presidente Hugo Chávez Frías en 2012. Enfatizó que ya están incorporados al Gran Polo Patriótico.


Noticia leida aproximadamente 1788 veces.
Contador actualizado cada 3 minutos




sexta-feira, 11 de novembro de 2011

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

O TRABALHADOR COMEÇA A PERCEBER O ENGANO!!!!

As constantes formas do povo se manifestar em protesto pelo mundo, deixa claro que o trabalhador começa a despertar do embuste que o capitalismo emprega para subtrair a mais valia, apropriando-se de parte de seu esforço para produzir os bens de consumo. É chegado a hora do ajuste de distribuição de rendas, Não é mais possível continuar enganando o trabalhador com um misero salario se ele trabalhador começa a se conscientizar que sem sua atuação não existe produção. O capitalista percebe que não poderá continuar a empurrar para todos, que tudo o que possui foi fruto de seu trabalho honesto. As pessoas acordaram e querem tudo a que tem direito. Viver com conforto, ter condições de educar e proporcionar lazer a seus familiares. Não existe dúvidas que o trabalhador brasileiro, não demora a se engajar na luta por distribuição efetiva de rendas.
É nesse processo que definitivamente o sol vai brilhar para todos e começa a verdadeira integração do povo ao socialismo.  

Postagem e escrito por: Luiz Navarro

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

PROPAGANDA ENGANOSA E REFORMISMO

A PROPAGANDA ENGANOSA E O REFORMISMO

ImprimirPDF
imagemCrédito: wilmarx
PcdoB: diga com quem andas ...
(Nota Política do PCB)
O programa institucional do PcdoB, exibido na televisão na última quinta-feira, revela sem disfarce seu reformismo e oportunismo, além de sua falta de escrúpulos. Assistimos uma grosseira falsificação da história.
Se nosso Partido fosse legalista, poderíamos reclamar no Procon, no TSE, na justiça comum, contra a tentativa de seqüestro da história do PCB: propaganda enganosa, falsidade ideológica, estelionato político, apropriação indébita.
Todas as pessoas razoavelmente informadas, todos os intelectuais, historiadores, militantes políticos e sociais sabem que o PcdoB foi fundado em 1962, por uma insignificante minoria do Comitê Central do PCB, após ser fragorosamente derrotada no V Congresso do nosso Partido. Não foi o único partido maoísta (com nosso respeito ao inspirador político desta corrente) fundado no início dos anos 60. Em quase todos os países, invariavelmente por iniciativa de minorias dos Partidos Comunistas fundados na década de 20, no bojo da Revolução Russa, surgiram novos partidos ligados ao Partido Comunista Chinês, então em divergência com o da União Soviética. Esses novos partidos adotaram como receita universal a experiência chinesa de revolução do campo para a cidade. Este também foi o caso do PcdoB que, aprofundando o afastamento das posições soviéticas, alguns anos depois se ligou ao Partido do Trabalho da Albânia, aderindo de corpo e alma às formulações teóricas de Enver Hoxha.
Num roteiro de farsa, o PcdoB, que em 2012 comemorará 50 anos anunciou que completará 90, apropriando-se, de forma oportunista, de uma história que sempre repudiou e negou, sobretudo a ligação do PCB com o Partido Comunista da União Soviética, com o Movimento Comunista Internacional e inclusive com a Revolução Cubana, da qual esses dissidentes foram ferrenhos opositores.
Esta tática – de renegar hoje sua própria trajetória para tentar se apropriar da história que rejeitaram em 1962 - vem sendo aplicada em razão de uma realidade que os dirigentes desse partido nunca imaginaram possível: a reconstrução revolucionária do PCB. Com a transformação do PcdoB numa organização social-democrata na prática (na linha política e no caráter do partido), precisam fingir que são o PCB, fundado em 1922, confundindo a opinião pública.
Para falsificar a história, exibiram como membros do PcdoB camaradas que morreram antes da criação deste partido e outros que, na cisão de 1962, notoriamente ficaram com a maioria, permanecendo no PCB.
A manipulação mais grosseira, absurda e desrespeitosa foi a de querer reivindicar os legendários Luiz Carlos Prestes e Olga Benário como expressões do partido que fundaram em 1962. Na verdade, os principais protagonistas dos embates políticos travados no momento desta cisão foram João Amazonas, que liderou a fundação daquele PCdoB original, e Luiz Carlos Prestes, o Cavaleiro da Esperança, que ficou no PCB e foi seu Secretário Geral até 1979, quando saiu do Partido, por divergências com a maioria de sua direção.
Se o verdadeiro comunista João Amazonas estivesse vivo ficaria envergonhado de assistir à manipulação de sua própria história e pelo reformismo que tomou conta do partido que criou, pensando que seria revolucionário.
No conteúdo político do programa o reformismo aparece com toda a sua expressão. Em 2011, exibem um programa eleitoral voltado para as eleições de 2012! Como todos os partidos da ordem, passam os anos ímpares se preparando para as eleições dos anos pares!
Com efeitos especiais, exibiram cinco atuais parlamentares que já estão em campanha para prefeituras, uma manobra comum a todos os partidos eleitoreiros. No meio de seus mandatos, sem risco de perder nada, senadores e deputados federais se candidatam a prefeitos de grandes cidades. Ganham de qualquer forma. Vencendo as eleições, se tornam prefeitos. Se as perdem, antecipam em dois anos a campanha para sua reeleição ao parlamento.
O discurso pasteurizado apresentado por esses candidatos não tem qualquer diferença com o de qualquer político profissional da burguesia. Eis os adjetivos com que definem como serão as cidades que governarão, caso eleitos: limpas, tranqüilas, planejadas, de paz, organizadas, humanas, sustentáveis, dignas, justas.
Em 10 minutos de programa, não houve menção alguma ao imperialismo e ao capitalismo. Parece que, para esse partido, nem o imperialismo está inventando guerras contra os povos nem os trabalhadores do mundo estão lutando contra as retiradas de seus direitos, em meio à crise sistêmica do capitalismo. Pelo contrário, a principal proposta apresentada pelo presidente nacional do partido é uma conciliação de classe: um pacto social para um maior desenvolvimento capitalista do Brasil, envolvendo, numa união nacional, o governo, os trabalhadores e o empresariado.
Jovens, certamente aspirantes a vereador, aparecem no programa se dizendo socialistas (não comunistas) e explicam o que significa ser socialista. Segundo eles, ser socialista “é fazer as cidades mais justas”, “é ser ético sempre”, ”é tratar as pessoas com dignidade”, “é ser responsável com o dinheiro público”.
Aliás, por falar em dinheiro público, o PCB, na crítica política e ideológica que faz ao PcdoB, não centrará suas divergências nas recentes denúncias contra o Ministro dos Esportes. Ficamos com o benefício da dúvida, aguardando os desdobramentos do caso e a apuração das denúncias, pela CGU, MPF, Polícia Federal, Procuradoria Geral da República, STF e inclusive pelo TCU, sobre supostos desvios, no total de R$49 milhões, que teriam ocorrido em 67 convênios do Ministério dos Esportes com entes públicos e privados, entre os quais muitas Ongs, algumas de fachada. Esta pode ter sido, inclusive, a principal motivação da candidatura do deputado Aldo Rabelo a Ministro do TCU.
Mas, como dissemos, nossa discussão é no campo político, na tática e na estratégia que devem adotar os que se reivindicam comunistas.
Até porque não somos falsos moralistas e não entramos na onda da direita que trabalha o tema da corrupção (inerente à política institucional na sociedade capitalista) para afastar os trabalhadores de seus verdadeiros partidos e da luta política, indispensáveis para acabar com a exploração. Estimulam o onguismo e o movimentismo, de forma a que os cargos públicos sejam ocupados majoritariamente pelos de cima, alguns originários das classes dominantes, outros terceirizados.
A luta do PCB contra a corrupção é aberta e radical, no sentido de ir às raízes do problema. É parte da luta contra o capitalismo. Dizemos claramente que a corrupção é inerente ao capitalismo, é sistêmica. De alguma forma, mais ou menos ”esperta”, é usada por todos os partidos que apostam e jogam no cassino da democracia burguesa, onde a concorrência depende de financiamentos privados e caixas dois.
Nas eleições de 2010, o PcdoB recebeu doações da Coca-Cola, do Bradesco e do MacDonald's, empresas patrocinadoras das Olimpíadas de 2016 e da Copa do Mundo de 2014, eventos coordenados pelo Ministério dos Esportes.
Independente dos resultados da apuração das denúncias, um fato já é cristalino: integrado ao sistema, o PcdoB, durante os nove anos em que dirige o Ministério dos Esportes e outros espaços de poder, se enredou na promiscuidade com esquemas, públicos e privados, e com delinquentes como o que hoje acusa o Ministro, mas que já foi filiado e candidato pelo mesmo partido do acusado. Não se armam esquemas de financiamento eleitoral sem sujar as mãos, sem acordos pragmáticos e espúrios que levam partidos com história de luta a conciliarem com o agronegócio e o capital em geral, com torturadores e assassinos, com as multinacionais do petróleo. Um partido que se diz comunista mas que participa acriticamente dos governos burgueses que lhe abram as portas, se torna um bombeiro da luta de classes, refém de seu oportunismo, para não perder seus cargos.
É notório que, como nos casos de Ministros caídos e por cair, independentemente de seu partido, sempre há fogo amigo ou inimigo. Os políticos profissionais e a mídia burguesa trabalham com dossiês contra todos, inclusive aliados de ocasião; não se sabe o dia de amanhã! Mas só é abatido na luta pelo poder no estado burguês quem tem telhado de vidro. Não adianta vir agora evocar o anticomunismo como causa das atuais denúncias, até porque não se comportam como comunistas, apesar do nome. Os cinco Ministros que já foram abatidos no governo Dilma eram de partidos da ordem. Um deles era da cota pessoal do maior dos oligarcas brasileiros, o indefectível José Sarney. E assim mesmo caiu!
Na década de 80, eram poucas as diferenças entre o PCB e o PCdoB. Ambos eram reformistas e apostavam tudo na questão eleitoral, em aliança com partidos burgueses. A diferença é que, enquanto a militância do PCB, em 1992,  derrotou seus reformistas, no PcdoB os reformistas não só ficaram mais reformistas como se multiplicaram, alguns já sendo deformados desde a juventude, para garantir o reformismo futuro. A UNE, de saudosa memória, transformou-se numa escola de quadros e parlamentares reformistas.
A causa da voracidade por “recursos não contabilizados” é o reformismo deslavado. A prioridade na ocupação de cargos públicos, seja de que esfera ou instância for, é de tal ordem que até a atuação dos seus militantes de base nos movimentos populares (muitos deles honrados e combativos, alguns ainda comunistas) está atrelada aos objetivos eleitorais de um partido que incha, que filia pela internet futuros candidatos, venham de onde vierem, mesmo do PMDB, PSDB ou DEM e até criaturas sinistras que depois se voltam contra seus criadores, por questões de partilha.
Esperamos que um partido intitulado comunista não caia na vala comum dos partidos burgueses, abatido por aqueles que querem o Ministério dos Esportes não para acabar com a promiscuidade, mas para administrá-la. Ou o PcdoB se depura e corrige seu rumo ou que mude de nome, o que seria uma atitude de respeito aos verdadeiros comunistas.
O desgaste provocado pela degeneração do PcdoB  tem sido muito grande para a luta dos comunistas e outros revolucionários, permitindo à mídia hegemônica criar uma imagem de que todos são “farinha do mesmo saco”, inclusive os comunistas.
O PCB não pode e não deve abrir mão de se diferenciar dos reformistas e oportunistas, para que os trabalhadores não os confundam com o nosso Partido. Não podemos deixar de zelar pela memória de todos nossos camaradas que honraram o PCB , muitos pagando com a própria vida, e por uma história de 90 anos de luta, heróica, cheia de erros e acertos, de vitórias e derrotas, de perseguições e acusações de toda sorte, mas sempre de mãos limpas.
VIVA OS 90 ANOS DO PCB!
PCB – Partido Comunista Brasileiro
Comitê Central
25 de outubro de 2011
Postagem de: Luiz Navarro

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

FALTA VACINAS IMUNIZANTES CONTRA FEBRE AMARELA E TETANO

É um absurdo procurar vacinas nos postos municipais e não encontrar-las. Nem quando Manaus era chamado de "Porto de Lenha ", isso acontecia. Ao chegar ao posto da Praça 14 de Janeiro para vacinar-me obtive a resposta que não tinha as vacinas,  talvez dentro de duas semanas! Isso é uma irresponsabilidade para com a saúde popular  É possível creditar aos poderes municipais a irresponsabilidade pois com certeza não é falta de recursos, é descaso com a população Manauara. O chefe do executivo municipal tem a mania de se vingar do povo quando não está satisfeito,haja vista que no passado retirou de Manaus percentual de ICMS, em beneficio do município de Coari por haver perdido a eleição em Manaus. Quem sabe se não está novamente querendo vinga-se, por haver sido vaiado e procura castigar a população, não providenciando as tão necessárias vacinas para o povo. Na verdade nada que se venha a dizer, justifica a falta nos postos municipais, das vacinas imunizantes.

Postagem e escrito por: Luiz Navarro