segunda-feira, 16 de abril de 2012

PARA SER COMUNISTA NÃO É NECESSÁRIO SER MAL EDUCADO.

Estive ontem reunido na casa de uma pessoa que se diz comunista, onde estavam presentes sua esposa e suas filhas, e outras pessoas observei no desenrolar das conversações comportamentos que necessitam de avaliação.  Existem pessoas que não sabem se comportar em determinados ambientes não sei se tal comportamento é puro exibicionismo ou se é necessário desculpa-las devido não existir culpa das mesmas, o ambiente que viveram era da forma que se comportam, o palavreado sempre vem enxertado de palavrões na presença de mulheres crianças e todos que estiverem presentes. Não é sua culpa se aprendeu dessa forma. Entretanto essas pessoas deveriam perceber qual o local, que cabe tais manifestações grosseiras, sem respeito ao próprio ambiente. Não se pode exigir comportamento cultural adequado de pessoas que por falta de convivência minima com um processo cultural de respeito mutuo.
Ser mal educado não é ser comunista, ser grosseirão não é ser comunista. O ser comunista estuda para aprender a melhor forma de lidar com as diferenças. O ser comunista se sensibiliza, com a incapacidade dos que não conseguem vislumbrar melhores caminhos, para atingir determinado fim. Isso não significa de forma alguma que concorde e avalize comportamentos anti-éticos, amoral ou degenerados, significa sim que o ser comunista procura conduzir os camaradas desorientados, para um caminho que leve a uma conscientização do dever e respeito aos diferentes. O socialismo é a maneira de aprender a conviver com todos os segmentos da sociedade, educando sem agressão, aqueles que não compreendem o processo.

Postado e escrito por: Luiz Navarro

Nenhum comentário: