Segundo ele, desta vez, as consequências para os Estados Unidos serão mais graves do que em 2001, quando uma situação similar causou a queda de seu rating de crédito.
Lew especificou que, daí a três semanas, o Tesouro do Estado terá apenas $30 bilhões, enquanto as obrigações financeiras dos Estados Unidos durante este período podem dobrar este montante.